Engenharia Mecânica pelos olhos de Mariana Ferraz


Sou a Mariana Ferraz, formada em Engenharia Mecânica pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) e mestranda em Ciência e Engenharia dos Materiais pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar).


A Engenharia Mecânica é bem ampla, o que te permite se especializar em diferentes áreas, como automobilística, materiais, energia etc. Aqui falarei mais sobre a minha especialização, ciência e engenharia dos materiais.


Em meu mestrado, estudo sobre o hidrogênio, isso porque o hidrogênio tem grande potencial para ser utilizado como fonte de energia limpa. Na minha pesquisa estudo à sua armazenagem, pois os métodos convencionais (ex.: cilindros de alta pressão), oferecem riscos e ocupam grande volume. Por isso, propõe-se armazená-lo na forma de hidretos metálicos, ou seja, dentro de um material metálico.


Eu tenho amado a área científica, mas, acredito que seja muito por ter escolhido um projeto de pesquisa em que estou me descobrindo e me apaixonando. Então, acho que o que eu mais amo nesta área em que estou, é o meu projeto. É poder estudar as literaturas, ir ao laboratório fazer experimentos e poder analisar como os materiais se comportam.


O que eu menos gosto é a parte de ter que escrever muito, estar sempre tendo que estudar muitas literaturas e escrever. Por vezes, estou sem criatividade e, o tempo passa, ou seja, tenho que escrever mesmo sem criatividade/vontade. Mas, são ossos do ofício!


A minha expectativa é concluir o mestrado e conseguir um emprego dos sonhos. Porém, acredito que terei que me redescobrir para não ficar parada, pois não está fácil conseguir emprego que esteja contratando recém-formados sem experiência. E por isso, tenho algumas dicas!


Experimente, ao máximo, as possibilidades que a faculdade te dá. Seja monitor de alguma matéria, faça iniciação científica e, o mais importante se você quiser ser aceito no mercado de trabalho, lute para conseguir um bom estágio. Porém, se você descobrir que quer seguir a área acadêmica ainda na faculdade, dedique-se à iniciação científica, produza o máximo de material possível, publique, pois isso te ajudará no futuro.


Não desanime se você não for excelente em todas as matérias, isso faz parte. Perder uma ou outra disciplina, não vai te fazer um profissional ruim e, por outro lado, ser o aluno que só tira 10 também não é garantia de conseguir o melhor emprego. As notas não definem quem você é. Dê o seu máximo, se esforce, mas, também curta esse momento, pois é único e não volta!


Ah e uma dica importantíssima: faça curso de inglês!!!

39 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo